fbpx
Marketing Digital

Mídia paga x Mídia Orgânica: Em qual é melhor investir?

É mais vantajoso investir em conteúdo e ir galgando melhores posições no Google, com suor e esforço ou pagar para aparecer nos resultados patrocinados e ir direto para uma posição de destaque? No artigo de hoje, vamos abordar as vantagens e desvantagens do tráfego orgânico e do tráfego via links patrocinados. Confira:

 

MÍDIA ORGÂNICA:

Mídia orgânica é o espaço da própria empresa, onde ela divulga conteúdo relevante que, por si só, atrai usuários interessados. Pode ser perfis nas redes sociais, sites ou blogs. Os usuários chegam até esses espaços fazendo buscas por palavras-chaves relacionadas ao seu negócio.

O primeiro benefício da mídia orgânica é que ela não é invasiva. Isto é, o usuário procura o seu conteúdo e não o contrário. E se é o próprio usuário que está em busca da sua marca, é porque ele está interessado no que você tem a oferecer. Portanto, em geral, a mídia orgânica atrai público mais qualificado e interessado, com mais probabilidades de gerar conversões.

Outro benefício é que a mídia orgânica não apresenta custos diretos, já que você não está pagando para exibir seu conteúdo em espaços de terceiros. Por outro lado, é preciso investir em conteúdo de qualidade suficiente para atrair usuários.

A mídia orgânica demanda investimentos de longo prazo, é preciso gerar conteúdo de qualidade e atualizações frequentes. Leva tempo até seu conteúdo começar a aparecer nas primeiras posições do Google e a manutenção dessa posição deve ser feita continuamente.

Apesar disso, você gera um bom histórico de conteúdo, que terá potencial de atrair público durante bastante tempo. Mesmo seu conteúdo antigo tem possibilidade de gerar novos leads. Na mídia paga, por outro lado, assim que a campanha acabar, nenhum usuário é mais atraído.

Por fim, podemos citar como benefício o fato de que se um usuário é atraído até seu conteúdo mas não gera uma conversão ou lead, você não perde seu investimento com isso (afinal, outros usuários ainda serão atraídos e poderão gerar conversão). Já na mídia paga, cada usuário que clica no seu anúncio mas não gera conversão queima um pouco do seu investimento (no caso de Custo por Clique).

 

MÍDIA PAGA:

Mídia paga refere-se à possibilidade de comprar espaços na internet para exibir anúncios dos seus produtos. É possível anunciar nos primeiros resultados do Google, em grandes portais de notícias, na linha do tempo de usuários do Facebook ou em histórias do Instagram, por exemplo.

A grande vantagem da mídia paga é que oferece resultados imediatos. Após criar sua campanha, o público começará a ser impactado por ela nas redes, sites e buscadores.  É a melhor escolha, portanto, no caso de ações de curto prazo, como promoções relâmpagos e ofertas sazonais, além de comunicar lançamentos.

A mídia paga também pode ser útil para atrair seus primeiros leads e, a partir daí, começar uma estratégia de conteúdo orgânico.

Outro benefício da mídia paga são as grandes possibilidades de segmentar seus anúncios para que atinjam o público que tenha o perfil mais próximo ao da sua marca.

A mídia paga também oferece como vantagem a facilidade de se criar e monitorar o desempenho da sua campanha. É fácil verificar se seus objetivos estão sendo alcançados e ajustar a campanha de acordo com o desempenho dela.

 

QUAL A MELHOR ESCOLHA?

A mídia paga e orgânica são complementares e uma boa estratégia de Marketing deve utilizar as principais vantagens das duas abordagens.

Links patrocinados são uma boa forma de divulgar promoções e conseguir leads iniciais, mas o custo por clique, a longo prazo pode se tornar alto. Por isso, é importante ter conteúdo orgânico para equilibrar a balança e manter os resultados alavancados pela mídia paga.

Se você investe apenas em mídia paga e seu orçamento acaba, toda a sua estratégia é interrompida, por exemplo. Já com conteúdo orgânico, você continua gerando resultados ao longo do tempo.

A mídia paga é uma boa aposta a curto prazo, porém o conteúdo orgânico é uma escolha mais acertada para o médio e longo prazo. Sabendo dosar bem o investimento em mídia paga e orgânica, é possível usar o que cada uma tem de melhor para alavancar a outra.
Quer entender melhor como equilibrar investimentos em mídia paga e orgânica para otimizar seus resultados no Marketing Digital? Entre em contato com a Titânio. Estamos preparados para sermos seu parceiro estratégico e ajudar a otimizar seus negócios.